5 Atividades de coordenação motora para educação infantil

ATIVIDADES DIDÁTICAS / EDUCAÇÃO INFANTIL


Utilize essas 5 Atividades de coordenação motora para educação infantil e desenvolva bastante o equilíbrio e o controle dos movimentos em seus alunos da educação infantil. A coordenação motora tem como principal objetivo movimentar e fortalecer os músculos para se ter domínio total do corpo, de modo que seja possível as crianças dançarem, pularem e realizar todo tipo de tarefa que se aperfeiçoarão aos poucos.


Qual a importância de se realizar Atividades de coordenação motora para educação infantil?

Existem dois tipos de coordenação motora: a grossa e fina. Os professores devem se atentar a ambos e ter compreensão de estimular mais em crianças que demonstram um tipo de coordenação motora diferente uma da outra.

Essa troca de experiências é extremamente importante para todo um processo de aprendizagem das crianças.


Coordenação motora fina


As habilidades são bem mais delicadas e envolvem os desenhos, pinturas e o manuseio de pequenos objetos. Esses movimentos referem-se às mãos e dedos com ligação nos olhos, no que a criança toca consequentemente terá sua atenção chamada. O termo correto define-se por: coordenação viso motora.


Coordenação motora grossa

As atividades físicas estão diretamente ligadas na coordenação motora grossa, pois utiliza de muito impulso e força que abrangem os músculos. O desenvolvimento se inicia na primeira infância, portanto vale ressaltar que exercícios que a estimulem são necessários.


Como trabalhar Atividades de coordenação motora para educação infantil?


Os professores e educadores podem começar com brincadeiras em grupo, que ajudem as crianças estimularem seu corpo e mente. Brincadeiras como o bambolê ou obstáculos, brinquedos manuais, quebra-cabeças ou ligar os pontos podem ser utilizados com todas as crianças.


Para estimular coordenação motora grossa

Brincadeiras mais esportivas como pega-pega, pular corda, brincar com a amarelinha e esconde-esconde ajudam a estimular como um todo a coordenação motora grossa, de modo que enriqueça os músculos das crianças.

O uso de bolas e cordas ajudarão as atividades físicas, para que proporcione outro tipo de interesse. Desde criança, o conhecimento por saber o que deseja fazer quando crescer é aumentado em aulas de estímulos, através de brincadeiras ou ensinamentos.

Cada pai e mãe podem e devem brincar com seus filhos mesmo que seja no parquinho perto de casa, no quintal ou no playground. Elas estarão em movimentação frequente, portanto, os ensinamentos de modo lúdico precisam ser continuados.


Estímulo da coordenação motora fina

Esse tipo de estímulo se inicia desde bebê já que os pais podem ensiná-los a pintar, brincar com tinta guache ou apenas brincar com o giz de cera. Na infância, atividades de pontilhados, colagem com lã, papéis ou barbantes tornam-se recomendadas.


Como Atividades de coordenação motora influencia na vida do estudante da educação infantil?


A coordenação motora afeta diretamente no aprendizado do aluno, e consequentemente o desenvolvimento da coordenação motora, que instiga a independência desse estudante. Ele saberá quais atividades gosta de realizar ou possui mais facilidade, exercitar o físico se liga em coordenação motora grossa.

Esse estudante nunca fica parado, é ativo e adora aulas de educação física onde pode estimular ainda mais a coordenação motora grossa, com jogos de vôlei, futebol e/ou demais atividades propostas pelo professor.

Ainda será possível desse aluno saber se gosta de realizar pinturas, desenhos ou escrever de acordo com os aprendizados através da coordenação motora fina. A escrita será mais aflorada e seus interesses se direcionarão apenas para esta área.


Lista de Atividades de coordenação motora para educação infantil


Existem uma variedade de atividades que podem ser utilizadas tanto em sala de aula quanto em casa, pelos pais. Basta paciência e concentração de todos para que tudo dê certo.

Determinadas atividades motoras se desenvolvem ainda quando a criança é um bebê, como pegar e segurar objetos, rabiscar desenhos até ganhar a firmeza nas mãos e posteriormente isso se desenvolverá.


1. Pinturas


O professor pode e deve passar atividades aos alunos que estimulem sua parte mais criativa de modo que os auxiliem a segurar o pincel firmemente, e sintam interesse de conhecer mais sobre as cores.

Fazer um desenho em folha sulfite ou quadros de pintura infantil devem estar disponíveis em sala de aula para todos os alunos.


Como realizar a atividade

Os alunos permanecem em seus lugares apenas com os quadros ou folhas sulfite e poderão pintar qualquer tipo de desenho que lhes seja mais confortável.


Materiais para a atividade

Pincel chanfrado e de cerdas macias, tintas guache e estojinhos de aquarela que poderão ser disponibilizados pelos pais dos alunos, assim como a tela de pintura. A folha sulfite poderá ser entregue através dos professores.


2. Escrever

A escrita é um dos principais aprendizados na infância, através de métodos de leitura que estimulam a criatividade infantil. Escrever pequenas histórias como fábulas podem auxiliar as crianças, além de aprenderem a como usar as palavras.


Como realizar a atividade

O professor pode deixar uma caixa com livros de histórias infantis e gibis que possam despertar a criatividade imaginativa de cada um, para que eles consigam criar novas histórias.

Cada um deve escolher um livro, ler em sua carteira com calma para captar todos os pontos do texto. Poderá deixá-los ilustrar a história com personagens ou paisagens.

Materiais para a atividade: livros de histórias ou gibis, lápis de escrever e lápis de cor e papel com linhas.


3. Decoração de máscaras

No Brasil existem muitos dias comemorativos, como o carnaval, páscoa, dia do índio, dia da árvore, dia da água, dia do folclore e basta que o professor realize atividades decorativas com as crianças, seja para criação de máscaras de carnaval ou tiara de orelhas de coelho.

Para auxiliar na memorização e ajudá-los a levar para toda a vida, o professor pode ligar o som em uma música calma com o intuito de trabalhar não somente a coordenação motora como também a concentração.


Como realizar a atividade

O professor deverá juntar os alunos em pequenos grupos para que consigam montar suas máscaras de carnaval. Com o som ligado, eles prestarão ainda mais atenção na atividade e ficarão totalmente concentrados. Haverá um molde pronto para ser contornado com lápis, posteriormente recordado para a decoração.

Materiais para a atividade: cola líquida ou cola bastão, lantejoulas e fitas coloridas, papel E.V.A e elástico roliço. Os materiais podem ser entregues pelos pais de cada aluno através de um recado na agenda.


4. Pega-pega

O pega-pega é uma brincadeira extremamente antiga e muito popular no Brasil entre crianças do jardim de infância, até meados do fundamental. A atividade consiste em uma criança ser o pegador e as demais fugirem até que sejam completamente capturadas.


Como realizar a atividade

Durante o período de aula livre, o professor deve explicar aos alunos como a brincadeira funciona e escolher alguém no par ou ímpar para começar. A partir do momento em que todos estiverem dispersos pelo pátio, o pegador deve correr em direção às demais crianças para pegá-las.


5. Esconde-esconde

Essa é a brincadeira favorita de muitas crianças por consistir em simplesmente se esconder em qualquer lugar e esperar até que alguém a encontre. Além de exercitar o corpo, a mente será beneficiada uma vez que a criança precise pensar em um lugar muito bom para conseguir se esconder em menos de 20 segundos. A criatividade se aflora.


Como realizar a atividade

O professor deve pedir para que todos os alunos realizem par ou ímpar e a partir do resultado final, o contador deve se dirigir até uma parede e sem olhar, começar a contar até 20. Todos os demais precisam se esconder antes desse tempo se esgotar e ser ágil o suficiente para tocar a parede sem ter sido visto.

Essas atividades auxiliarão a memória, aprendizagem e coordenação motora de todas as crianças para que no futuro ela saiba e compreenda certas coisas com facilidade. Muitas crianças que não tiveram a coordenação motora treinada da maneira correta, possuem problemas para escrever, por exemplo.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo