A importância do ensino de Ciências na Educação Infantil


“Como podemos, com nossas mentes adultas, saber o que será interessante? Se você seguir a criança…pode descobrir algo novo.” (Jean Piaget)


No passado o ensino de ciências nem sempre foi para todas as turmas escolares tampouco para a educação infantil. Assim como citado no eixo Natureza e Sociedade, apresentado no RCNEI (Referencial curricular nacional para a Educação Infantil), este referencial foi criado quando a Educação Infantil foi declarada pela LDB como a primeira etapa da educação básica, encontramos também o objetivo deste ensino nas PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais) de Ciências Naturais, ganhando espaço nas escolas.


É muito importante desmistificar o rótulo de que ciências é decorativa e desnecessária na educação infantil. Ao estimular este ensino, estamos contribuindo o aluno a criar uma consciência crítica diante das descobertas e serão capazes no futuro, de entender e respeitar sua posição no planeta.


Na faixa etária que abrange a educação infantil, a criança é naturalmente curiosa, investigativa e observadora, por isso são muito importantes os estímulos oferecidos através dos educadores, sempre priorizando as habilidades naturais de cada idade.

Mas como trabalhar ciências com os pequenos? O ensino de ciências deve unir o conhecimento que o aluno carrega consigo, permitindo que eles explorem, investiguem através de experiências no ambiente que ele está inserido. Atividades como exploração do próprio corpo, imitar sons dos animais, atividades investigativas e cooperativas, levantar questionamentos, etc.


Ensinar ciências na Educação Infantil é saber escutar as mais diversas curiosidades das crianças, ensiná-las a explorar através de investigações diversas e trabalhar conforme a fase que a criança se encontra, para que não cobre demais e nem de menos delas, para que por meio da ciência as crianças aprendam a conhecer o meio que as cerca e se tornem críticos frente a sociedade da qual fazem parte.


É válido mencionar que o padrão de perguntas e respostas prontas seja deixado para trás, pois a melhor pergunta é aquela que não tem resposta, pois faz com que o indivíduo busque, pesquise, reflita, questione, contribuindo também para a construção de argumentos em um diálogo, apenas expor o conteúdo é deixar de lado o principal objetivo das ciências: o da investigação. É por meio do ensino de Ciências que se pode compreender, questionar o mundo e sua forma de transformação.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

“Mas fono, até que idade é normal meu filho falar errado?” Muitas mamães e papais me fazem essa pergunta, as preocupações e dúvidas sobre o desenvolvimento dos pequenos são inúmeras, e eu vou tentar r