Ensinando as Crianças Sobre Sustentabilidade

Como pais, queremos inspirar e capacitar nossos filhos a se tornarem responsáveis ​​pelo meio ambiente. Não importa o quão jovem as crianças sejam, elas podem se tornar engajadas com a sustentabilidade em qualquer estágio de seu desenvolvimento. Confira nossas dicas!


É um mundo assustador lá fora! A terra está se aquecendo, os habitats estão desaparecendo, os animais estão se extinguindo, há plástico no oceano e há cerca de 8 bilhões de pessoas no planeta querendo sua cota de comida, abrigo e outras coisas! Mas como podemos consertar isso tudo? Ensinar as crianças sobre sustentabilidade pode ser a resposta.

Criar cidadãos ambientalmente engajados não acontece por si só. Como Simeon Ogonda, um líder de desenvolvimento jovem do Quênia, disse: “Muitos de nós sempre nos perguntamos que tipo de planeta estamos deixando para trás para nossos filhos. Mas poucos perguntam o contrário: que tipo de criança estamos deixando para o nosso planeta? ” Somos coletivamente responsáveis ​​pelos líderes do amanhã e engajar a próxima geração, é mais importante do que nunca.





Há evidências crescentes de que a exposição à natureza durante o crescimento reduz o estresse, melhora a saúde física e mental, estimula a criatividade, aumenta a autoestima e incentiva a cooperação, colaboração e autorregulação. O trabalho de Joy Palmer, uma pesquisadora em educação ambiental, descobriu que a exposição regular à natureza é o fator mais importante na promoção do cuidado e da preocupação com o meio ambiente.

Guiando as Crianças Pelos Caminhos da Sustentabilidade


Se realmente queremos criar os cidadãos ambientais de amanhã, precisamos envolver toda a nossa comunidade.

Todos, independentemente da idade ou habilidade, podem fazer algo de positivo pelo meio ambiente. Cuidar de um jardim, criar borboletas, cuidar de uma área natural ou reduzir o consumo de energia são apenas algumas das maneiras simples de capacitar nossos jovens a causar um impacto positivo em sua própria comunidade. Cada ação positiva leva a um sentimento de esperança. E toda esperança é fortalecedora.

Ser sustentável não implica direito, poder ou domínio sobre a terra; em vez disso, significa ensinar as crianças a usarem seus poderes para se tornarem cidadãos engajados da Terra e pela Terra.

Imagine a jornada da sustentabilidade como um caminho. Ao longo dessa jornada, as crianças precisam de certas experiências na natureza e no mundo ao seu redor à medida que crescem, e cada experiência gera a confiança para desenvolver novas.

Confira nossas dicas do que você pode fazer com as crianças para promover a sustentabilidade.

Primeiros anos (nascimento a 3 anos)

Exercite os sentidos todos os dias

  • Explorar parques e espaços verdes locais quando estiver passeando no andador;

  • Virar as pedras e troncos para ver o que vive embaixo;

  • Observar as formigas para ver aonde elas vão;

  • Cavar a terra, pegar gravetos, rolar na grama, pular em poças de lama.

Tenha experiências positivas com animais pelo menos uma vez por semana

  • Observar os pássaros chegarem a um comedouro.

  • Brincar com um gato ou cachorro.

  • Procurar por insetos e observá-los passear.

  • Ler livros sobre a natureza e animais.

Crianças pequenas (idades de 4 a 7)

Exercite os sentidos todos os dias

  • Coloque as mãos atrás das orelhas, o que você ouve?

  • Cheirar flores, a chuva, a grama e a terra.

  • Seja um “observador de todos os lados”: O que você pode ver na natureza?

  • Experimentar sabores sazonais: melancia no verão, maçãs no outono, abóbora no inverno.

Aprofunde relacionamentos e compreensão

  • Escolha um lugar ao ar livre para explorar e brincar. Visite regularmente.

  • Forneça peças soltas para as crianças manipularem (gravetos, pedras, fatias de árvores).

Reforce e expanda o senso de empatia em desenvolvimento

  • Plantar, cuidar e colher algo que possa ser comido.

  • Incentivar mariposas e borboletas com suas plantas favoritas.

  • Cuidar de um animal.

Comemore as temporadas

  • Encontre maneiras simples de reconhecer e aproveitar a mudança de cada estação.

Cultive a consciência sensorial da natureza próxima

  • Identifique sons e cheiros naturais. Ouça os grilos!

  • Explore microambientes (espreite sob as rochas / troncos, crie uma mini trilha).

Incentive o conhecimento de sua “vizinhança”

  • Conheça plantas, pássaros e cinco insetos que vivem em sua área.

  • Crie um mural que retrata os personagens de sua vizinhança. Nossa comunidade consiste em outras coisas vivas, bem como humanos e construções.

Ofereça uma resposta criativa ao tempo passado fora

  • Desenvolver projetos de arte utilizando materiais naturais.

  • Crie uma história ou uma peça sobre os personagens de sua vizinhança.

Meia infância (idades de 8 a 11)

Desenvolva habilidades mais complexas ao ar livre

  • Experimentar atividades ao ar livre não motorizadas, como caminhadas, habilidades de sobrevivência (construir abrigos, fazer fogueiras, forragear alimentos silvestres), orientação, observação de pássaros e astronomia. Passe pelo menos sete horas por semana praticando.

  • Construir um abrigo para brincar ao ar livre com materiais encontrados.

Explore o impacto humano no meio ambiente

  • Criar uma pequena área natural.

  • Gerenciar um projeto de reciclagem ou compostagem escolar.

  • Planejar um pequeno projeto de limpeza de riacho / rio.

  • Fazer um pôster ou vídeo para educar sua comunidade sobre seu projeto.

  • Pesquisar e escrever sobre a história do pedaço de terra que você ocupa.

Amplie a compreensão das relações entre os seres vivos e seus habitats

  • Explorar a biodiversidade em uma área natural próxima. Faça um inventário biofísico em pequena escala, encontrando pelo menos 10 espécies de plantas, animais e insetos. Explique três maneiras pelas quais esse ecossistema ajuda o meio ambiente.

  • Envolver-se em projetos de ciência cidadã: monitore as populações de pássaros, borboletas e anfíbios.

  • Monitorar a saúde do ecossistema realizando testes básicos de água e solo.

Amplie a compreensão de estilos de vida sustentáveis

  • Seja um detetive de energia. Descubra que tipo de energia é usada para aquecimento, refrigeração, luzes e eletrodomésticos em casa ou na escola. Que diferentes sistemas de energia renovável você pode observar em sua região?

  • Projetar uma casa com eficiência energética que seja saudável para as pessoas e para o planeta. Pense no uso de materiais naturais, energia solar, coleta de água da chuva, energia renovável e formas inovadoras de tratar dejetos humanos.

Criar nossas crianças com uma visão clara sobre a sustentabilidade não é uma tarefa fácil, mas pode ser um excelente momento em família e que com certeza vai garantir que todos nós e as futuras gerações tenham um planeta para viverem de maneira saudável!

Dúvidas, sugestões ou quer dar mais dicas?

Compartilhe com a gente nos comentários abaixo.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

“Mas fono, até que idade é normal meu filho falar errado?” Muitas mamães e papais me fazem essa pergunta, as preocupações e dúvidas sobre o desenvolvimento dos pequenos são inúmeras, e eu vou tentar r